segunda-feira, 25 de abril de 2011

Lembrando do que já passou.

Sabe quando o coração fica pequeno e uma dor enorme afeta sua cabeça?
Sabe quando você só quer alguém que lhe faça companhia, sem precisar de palavras, só para saber que há alguém ao seu lado?
Sabe quando você acha que o tempo gasto foi em vão?
Sabe quando a noite parece mais comprida, só por sua tremenda vontade de fazê-la ir embora?
Sabe quando você não quer dormir, não quer pensar, não quer fazer nada, só desligar-se do mundo?
Sabe quando nada, mas nada, mas nada resolve seu problema?
Sabe quando o vento frio entra pela janela tornando a situação ainda pior?
Sabe quando você tem a certeza de que se alguém, por um acaso, olhasse-te nos olhos, diria que havia algo de errado?
Sabe quando todas as lembranças possíveis voltam à sua mente?
Sabe quando nada mais importa, quando você cansa, quando você sabe que ama infinitamente alguém que não tem, mas teve algum dia?
Sabe quando você se culpa e é realmente o culpado por fazer promessas não cumpridas?
Sabe quando você só deseja voltar no que já foi passado, só quer esquecer o presente e mergulhar na própria angústia; sentir aquela pessoa que ama como um todo, ver sua metade tão próximo a ponto de desfalecer?
É... Assim que estou me sentindo agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário