sexta-feira, 6 de maio de 2011

Fotografias

É sempre assim? As lentes fotografam, sejam as mentais, ou, as das câmeras. E aquela pequena lembrança volta tudo o que já aconteceu. O cheiro;  as sensações; as opiniões; as dores. O coração bate, bate forte. Bate forte querendo voltar ou esquecer. Querendo ser amado e ser indiferente. Querendo sentir. Os olhos brilham lembrando. E as palavras não saem. Ficam presas na garganta reprimida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário