sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Vista embaçada

Eu tenho feito um esforço imensurável para estar aqui. (O.k., vou buscar meus óculos.)
Pronto. A imagem já não está tão confusa nem parece tão difícil olhar para a tela quanto quando estou com uma crise alérgica. Agora, bom, vou tentar não escrever uma carta endereçada a um alguém específico que se torna de várias pessoas, ou seja, vou tentar substituir o 'você' por 'ele'.  (Tá, não estou a fim de fazer isso agora, vou continuar com o você.)
        (Acabei me distraindo, então o que eu tinha para escrever, e o sentimento que estava aqui para usar, sumiram. Espero mudar o que estava sentindo e o assunto, na próxima carta. Quem sabe continue a ser o garoto da vitrola aquele que nem espera minhas cartas ansiosamente, quem sabe seja outro alguém. Prefiro não olhar para o nunca agora, pois há um oceano de opções.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário