sábado, 7 de janeiro de 2012

Eu tenho medo. Sempre. Por você. Eu tenho medo... Talvez você esteja num 'Ver mais resultados', sempre. Você talvez esteja perto, tão perto quanto eu jamais imaginei, mas não há um final do 'Ver mais resultados', portanto, eu continuo amedrontada, porque você sempre está a um passo de mim, depois 20 passos à frente, depois, novamente, a um passo de mim, e mais tarde a 24 passos. É tão difícil não usar todo o tempo possível por você, saber que, talvez, passe por ti sem te notar. Achar que, finalmente, cheguei ao fim, mas ser mandada para o início do tabuleiro. Nada é igual... Ou melhor, talvez a cor dos seus olhos seja, mas nada mais... Tudo está em maior proporção, se ainda está, se ainda compartilha comigo o que resta em nós dois, o mundo e as lembranças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário